Trem da vale faz mais uma vítima fatal em assentamento no Pará

Joaquim Madeira, de 74 anos, foi morto nesta manhã (29-10) na Ferrovia de
Ferro Carajás, sob concessão da Vale, na altura do assentamento Palmares
do MST, atropelado pelo trem da mineradora. O idoso já havia perdido o
filho, Juari Madeira, na mesma circunstância e local há oito anos.

Neste momento os assentados interditam a ferrovia em protesto contra mais
uma morte no corredor de Carajás, que corta municípios do Estado do Pará
e Maranhão, sendo o principal meio de escoamento do minério extraído da
Serra dos Carajás, no Pará.

Segundo a organização Justiça nos Trilhos, a Vale é responsável por
uma série de atropelamentos ferroviários. Em 2007 foram contabilizados 23
mortos, em 2008, foram registradas nove mortes e nada menos do que 2860
acidentes.

Essa é a segunda vez que a ferrovia é interditada pelos moradores do
assentamento , a primeira ocorreu em 2007 por aproximadamente um mês para
pressionar a Vale a cumprir seus deveres sociais perante a comunidade.

João Marcio
Assessoria de Imprensa- MST-Pará
94-9133-4468

Anúncios

3 comentários sobre “Trem da vale faz mais uma vítima fatal em assentamento no Pará

  1. Wonderful blog! I truly love how it? s easy on my eyes as well as the data are well written. I am wondering how I can be notified whenever a new post has been made. I have subscribed to your rss feed which need to do the trick! Have a nice day!

    1. Car@,
      ainda não descobrimos o recurso que possa fazer isso (lhe enviar email quando sair um novo post). mas quando descobrirmos lhe enviaremo. Fique atento, uma visita semanal lhe garantirá bastante informação. obrigado

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s