TJ condena Vale a indenizar mulher de pedreirto atropelado por trem

A Vale deverá pagar indenização de R$ 107,1 mil, por danos morais e pensão mensal, a título de danos materiais, à companheira de um pedreiro que morreu ao ser atropelado pelo trem da empresa, em São Luís, em abril de 2003. A decisão foi tomada ontem pela 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), que concordou apenas parcialmente com o recurso da Vale.

A câmara manteve a indenização de danos morais fixada pela sentença da Justiça de primeira instância, mas reformou a parte que determinava o pagamento da indenização por danos materiais. Neste caso, o Juízo da 2ª Vara Cível da capital fixou pensão de dois salários mínimos, até a idade em que a vítima completaria 70 anos, a ser paga de uma só vez, no valor de R$ 214.200,00. Blog do Décio


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s