Dantas nas terras dos Carajás

A violenta região de Carajás ganhou mais um capítulo no dia 21 de junho de 2012. 16 pessoas foram feridas à bala por jagunços da fazenda Cedro, localizada no município de Marabá (PA). A violência ocorreu pela manhã quando trabalhadores rurais sem terra ligados ao MST no sudeste do Pará realizavam um ato político que denunciava a grilagem de terra pública, de desmatamento ilegal e uso intensivo de venenos na área. O banqueiro Daniel Dantas é um personagem recente numa região considerada explosiva, quando o tema é a luta pela terra. O artigo é de Rogério Almeida.Carta Maior


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s